"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

terça-feira, 19 de março de 2019

IBGE realiza testes piloto do Censo 2020 no Rio Grande do Norte

Censo 2020 está previsto para começar em agosto do ano que vem
Desde o dia 20/02, o IBGE iniciou os testes piloto do Censo 2020 em todo o país. A rotina das visitas domiciliares e da coleta de informações está sendo replicada, passo a passo, para verificar o funcionamento dos dispositivos móveis de coleta (os smartphones com os questionários digitais) e testar diversos processos de trabalho.
No Rio Grande do Norte, os testes para a coleta domiciliar começaram no dia 11 de março e são realizados em Tibau do Sul, João Câmara e Lagoa Nova. O Censo 2020 contará com questionários especiais para as pessoas residentes em áreas de Povos e Comunidades Tradicionais. Nesse sentido, no Rio Grande do Norte, haverá os testes piloto em comunidade indígena, localizada em João Câmara, e quilombola, em Lagoa Nova.

Na primeira etapa dos testes, foi realizada a Pesquisa Territorial do Entorno Urbanístico dos Domicílios, que define as principais características das áreas urbanas, bem antes de os recenseadores começarem as visitas domiciliares. Nos testes, são verificados os parâmetros e as rotinas deste levantamento de campo, que é feito pelos especialistas em geociências do IBGE.

A Pesquisa do Entorno Urbanístico verifica se os domicílios a serem visitados estão em um aglomerado subnormal (favelas), se as ruas têm calçamento, iluminação pública, coleta de lixo, bueiros, pontos de ônibus, faixas para pedestres, arborização ou, ainda, se as vias de acesso permitem a passagem de veículos. Há esgoto a céu aberto? Há rampas para portadores de deficiência? As calçadas permitem a passagem de cadeirantes?

Para o Censo 2020, além das questões anteriores, também será investigada a existência de piso tátil para deficientes visuais, além de ciclovias e dos elementos de convívio (bancos de praça, quadras de esportes etc.).

O Censo 2020 está previsto para começar em agosto do ano que vem. Nesta operação, cerca de 220 mil recenseadores visitarão mais de 70 milhões de domicílios nos 5.570 municípios de todo o país. Serão investigados os principais aspectos da vida dos brasileiros, como educação, saneamento básico, religião, deficiências físicas, trabalho, rendimento etc. O orçamento do Censo 2020 e os processos seletivos necessários para a contratação dos recenseadores ainda aguardam autorização do governo federal.
Fonte: IBGE/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário