"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Turismo na alta temporada tem expectativa de crescer 5% este ano no RN


Os dados estatísticos da alta temporada em Natal só serão fechados pelas entidades ligadas ao turismo no começo de fevereiro, mas as apostas do setor indicam para um crescimento de 5% na ocupação hoteleira em relação ao ano passado.
Segundo o coordenador do Câmara Empresarial de Turismo da Federação do Comércio (Fecomercio), George Costa, a estimativa de incremento na economia, só no Réveillon, está na casa de R$ 40 milhões. Isso representaria entre dois mil a quatro mil turistas a mais na cidade. Hoje, a média de permanência de cada turista no destino é de quase seis noites.
Considerando a média de gastos por turista, hoje em torno de R$ 250 por dia, multiplicado pelo crescimento deles nesta temporada, George Costa projeta uma ocupação hoteleira em Natal este ano acima dos 90%. Na temporada 2017/2018, essa ocupação foi de 86%. “A percepção de mais segurança contribuiu muito para essa reação”, comentou.
Na próxima semana, o trade turístico, formado por entidades do setor, acertou encontro com a secretária estadual de Turismo, Ana Maria Costa, para discutir algumas prioridades do setor. A definir dia, horário e local da reunião.
Entre os temas, a possibilidade de o governo privatizar a operação do Centro de Convenções de Natal ainda mobiliza o trade turístico. O imóvel teve sua última ampliação entregue no final do ano passado. E embora não esteja nas prioridades da governadora Fátima Bezerra, George Costa considera importante debater este assunto com os empresários e o poder público.
Outros temas prioritários estão ligados a melhorias em Natal para a próxima temporada, como a conclusão das obras de recuperação do Forte dos Reis Magos, considerado “a joia da coroa” por Costa. “Tudo indica que tudo ali já estará pronto em novembro para a temporada 2019/2220”, assegurou.
Além disso, os empresários vão insistir na importância da conclusão do acesso Sul ao Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, incluindo a sua iluminação, além do término do que falta da Reta Tabajara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário