"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

terça-feira, 29 de novembro de 2016

MP recebe denúncia sobre falsos cotistas aprovados em concurso

A lei de cotas raciais para concursos públicos (12.990/2014) é mais uma vez motivo de polêmica. O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul investiga uma denúncia anônima de que pessoas que não teriam direito a vagas reservadas para candidatos de cor preta ou parda foram indevidamente beneficiadas pela legislação no concurso público Nº 002 de 2014 para Auditor Fiscal da Receita Estadual do estado.
O certame, organizado pela Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências (Fundatec), ocorreu em 9 e 10 de agosto de 2014. A nomeação de 102 candidatos foi publicada em 6 de outubro deste ano. Desses, 18 foram nomeados graças às cotas destinadas a candidatos negros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário