"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

quinta-feira, 9 de junho de 2016

um voto misterioso que pode salvar Eduardo Cunha

O líder do PRB na Câmara, o deputado Márcio Marinho (BA), rejeitou o pedido do deputado e pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB-SP), para fazer uma reunião de bancada com o objetivo de discutir o voto da deputada Tia Eron (PRB-BA) no Conselho de Ética. Marinho negou pressão da sigla sobre a parlamentar e disse que ela está livre para definir seu voto.
“A decisão será de foro íntimo da deputada Tia Eron. O partido a liberou para votar como ela quiser”, afirmou ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. Ele também criticou a pressão da imprensa sobre a deputada. De acordo com fontes, o objetivo era pressionar a direção da sigla para que Tia Eron não desse o voto favorável ao presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário