"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Famílias de vítimas de atentado estão processando Google, Twitter e Facebook

IMG_2313
Familiares de três vítimas do tiroteio de San Bernardino, nos Estados Unidos, estão processando Google, Twitter e Facebook por, na visão deles, terem fornecido “apoio material” ao Estado Islâmico. De acordo com a ação, as empresas falharam em barrar os esforços dos terroristas em suas plataformas, permitindo que o ataque fosse organizado e realizado diretamente.
Os parentes afirmam, ainda, de maneira mais geral, que as redes sociais garantem que as ideias extremistas do Estado Islâmico “floresçam”, enquanto novos membros são recrutados, recursos são obtidos e, acima de tudo, as palavras de ódio são proliferadas. Eles alegam que, sem o apoio indireto das plataformas, o ISIS jamais se tornaria uma das organizações terroristas mais perigosas e temidas do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário