"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Filho de Bolsonaro passa mal em debate

bol
O debate de candidatos à prefietura do Rio de Janeiro, promovido na noite desta quinta-feira (25) pela Band, foi marcado pelo clima quente e pelo fato de Flávio Bolsonaro (PSC) ter passado mal no ar, quando foi amparado pelos adversários Carlos Roberto Osorio (PSDB)Jandira Feghali (PCdoB).
O próprio candidato identificou o mal-estar como “baixa de pressão”, enquanto o mediador do debate chamou o intervalo comercial. O pai do candidato, deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), não queria permitir que Jandira Feghali cuidasse do filho. A deputada abandonou a preocupação com o mal-estar do adversário para insultar o pai dele: “Fascista, réu por estupro!”.
Jair Bolsonaro não deixou por menos, dirigindo-se à candidata do PCdoB: “Você não vai ser estuprada, não”. Depois, dirigindo-se à assistência, ironizou: “Ela vai dar estricnina para o meu filho”. Depois ele brincou com o filho: “Tranquilo, zero um, paga umas flexões aí”. Flávio fez um lanche rápido e saiu caminhando. Ele não voltaria ao debate, segundo a assessoria, porque foi a um hospital tomar soro, alegando que o candidato sofreu “queda de pressão”.
Diário do Poder

Nenhum comentário:

Postar um comentário