"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Alvo da Lava Jato, Queiroz Galvão recebeu mais de R$ 40 mi por obras do Complexo Viário em Natal

Arena-Dunas-2
O Grupo Queiroz Galvão, alvo da 33ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta terça-feira (02), recebeu cerca de R$ 222,4 milhões para a construção do Complexo Viário Dom Eugênio de Araújo Sales, inaugurado no dia 9 de junho de 2014, em Natal.
Desse montante, R$ 179,9 milhões foram repassados pelo Governo Federal por meio de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e R$ 42,5 milhões foram pagos pelo município de Natal como contrapartida. A obra é de responsabilidade do consórcio constituído pelas construtoras Queiroz Galvão (60%) e Ferreira Guedes (40%).
Na época, foram entregues as obras do viaduto estaiado, do túnel no cruzamento das avenidas Lima e Silva com São José, além dos túneis das avenidas Jerônimo Câmara e Capitão Mor-Gouveia. Faz parte do complexo o viaduto localizado na BR-101. Estavam previstas ainda as obras para padronização de calçadas na capital. No entanto, o projeto não saiu do papel.
AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário