"V1RN" INFORMAÇÃO COM IMPARCIALIDADE E CREDIBILIDADE 

terça-feira, 26 de julho de 2016

Especialista orienta sobre os cuidados com lentes de contato

lente
O uso de lentes de contato, sejam elas de grau ou não, está cada vez mais comum. Estima-se que, em todo o Brasil, mais de dois milhões de pessoas sejam usuárias de lentes. No entanto, para evitar problemas, é bom ter atenção a alguns cuidados necessários para manter a saúde ocular.
De acordo com Emilio Moure, oftalmologista do Hapvida Saúde, as lentes de contato são ótimas opções para corrigir a visão e substituir os óculos. Atualmente, podem ser utilizadas pra praticamente todos os tipos de correções refracionais (graus). Existem casos específicos, como no Ceratocone, onde uma distorção na curvatura da córnea não permite uma boa correção com óculos, mas com lentes específicas.
O especialista ressalta que alguns cuidados são fundamentais como: não dormir com a lente; não lavar as lentes com água da torneira, por causa do risco de infecção; utilizar produtos específicos pra limpeza e conservação das lentes e manuseá-las com as mãos sempre limpas, além de evitar locais muito poluídos.
Cada tipo de lente tem seu tempo correto de descarte. Existem troca anual, mensal, quinzenal ou para descarte diário. “É muito importante que o paciente respeite esse período de troca, lembrando que o estojo também deve ser trocado, pelo menos, a cada seis meses. O uso das lentes por períodos maiores que o recomendado pode trazer graves riscos de contaminação ou infecção” explica.
Os óculos de reserva devem ser acessórios que todo usuário de lente de contato precisa ter, pois em caso de vermelhidão ou coceira, é necessário retirar as lentes e usar os óculos até melhorar da irritação, caso piore, é importante procurar um médico oftalmologista. O especialista lembra que as complicações mais sérias podem iniciar com uma pequena inflamação. Dor e visão embaçada também são sinais importantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário